quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

Perda do olfato ocorre em 86% dos casos leves de Covid-19, indica novo estudo; saiba de forma simples como testar

 

Foto: Reprodução/ Pixabay

Cerca de 86% das pessoas com casos leves do novo coronavírus perdem o olfato e o paladar, mas os recuperam em até seis meses, de acordo com um novo estudo com mais de 2,5 mil pacientes de 18 hospitais europeus.

Os casos de Covid-19 foram considerados leves quando não houve evidência de pneumonia viral ou perda de oxigênio ou se o paciente pôde se recuperar em casa.

O estudo descobriu que os pacientes recuperaram o olfato, em média, após 18 a 21 dias. No entanto, cerca de 5% das pessoas não recuperaram a função olfativa em seis meses.

A anosmia, que é a perda do olfato e, portanto, do paladar, foi sugerida como um sinal precoce de Covid-19. Isso pode acontecer sem aviso, nem mesmo com o nariz entupido.

“A anosmia, em particular, foi observada em pacientes que eventualmente tiveram resultado positivo para coronavírus sem outros sintomas”, de acordo com a Academia Americana de Otorrinolaringologia – Cirurgia de Cabeça e Pescoço.

Covid-19 moderado a grave

Comparativamente, o estudo descobriu que apenas 4% a 7% das pessoas com sintomas moderados a graves de Covid-19 perderam a capacidade de cheirar e saborear.

Pessoas com infecções moderadas apresentavam “sinais clínicos de pneumonia” como tosse, febre e falta de ar, de acordo com o estudo.

Aqueles com casos críticos da doença sofriam de graves dificuldades respiratórias e eram mais propensos a ser mais velhos e ter “hipertensão, diabetes, distúrbios gástricos, renais, respiratórios, cardíacos, hepáticos e neurológicos”.

O estudo, que foi publicado segunda-feira no Journal of Internal Medicine, encontrou uma taxa maior de disfunção olfatória em pacientes mais jovens em comparação com pacientes mais velhos, mas a associação precisa de uma análise mais aprofundada, disseram os pesquisadores.

Como testar seu olfato

Há algo que você pode fazer em casa para verificar se está perdendo o olfato e o paladar? A resposta é sim, você pode provar isso com o “teste de balas de goma”.

“Você segura uma balinha com uma das mãos e tampa o nariz com a outra para que não haja fluxo de ar”, disse Steven Munger, diretor do Centro de Cheiro e Sabor da Universidade da Flórida, em entrevista à CNN.

“Depois, coloca a jujuba na boca e mastiga. Digamos que seja uma jujuba de frutas. Se você sentir o sabor e a doçura da bala, sabe que tem um paladar funcional ”, disse Munger.

“Então, enquanto continua mastigando, solte o nariz. Se você estiver com o sentido do olfato, de repente sentirá todos os cheiros e identificará o sabor. É realmente uma resposta muito drástica e rápida”, explicou.

“Então, se você pode ir do agridoce a um sabor único e sabe qual é esse sabor seu olfato, provavelmente, está em muito bom estado.”

O nome científico desse processo é cheiro pós-nasal, no qual os odores fluem do topo da boca para a faringe nasal e para a cavidade nasal.

Mas e se você não tiver uma jujuba? Você também pode usar outros alimentos, disse o especialista em ouvidos, nariz e garganta Erich Voigt, diretor da divisão de otorrinolaringologia do sono da NYU Langone Health.

“O sentido do olfato puro seria se você pudesse sentir o cheiro de uma determinada substância que não estimule outros nervos”, disse Voigt. “Se você pode sentir o cheiro de pó de café ou café, ou se você pode sentir o cheiro de alguém descascando uma laranja, esse é o sentido do olfato”, explicou ele.

No entanto, você precisa ter cuidado porque é fácil pensar que você está usando o olfato quando não está, disse Voigt.

“Por exemplo, amônia ou soluções de limpeza estimulam o nervo trigêmeo, que é um nervo irritante”, disse ele. “E então as pessoas vão pensar: ‘Ah, posso sentir o cheiro do cloro, posso sentir o cheiro da amônia’. Mas não, isso não é correto. Eles não estão realmente cheirando, eles estão usando o nervo trigêmeo ”, explicou.

Ainda não tem certeza se está fazendo certo? Pesquise na Internet por testes de odores com base médica.

Perda do olfato é comum além da Covid-19

Obviamente, nem todas as pessoas que falham em um teste de olfato estão infectadas pela Covid-19. Qualquer vírus respiratório, como o resfriado ou a gripe, afeta temporariamente o olfato e o paladar, às vezes até de forma permanente.

“A quantidade de inchaço que pode ocorrer no nariz devido ao efeito viral pode impedir que as partículas de odor cheguem ao topo do nariz, onde está o nervo olfatório”, disse Voigt. “Quando o inchaço diminui, o olfato pode voltar”, acrescentou.

Mas também existem vírus neurotóxicos, alguns dos quais estão na categoria do resfriado comum, disse Voigt.

“Se eles são neurotóxicos, isso significa que danificam o nervo olfatório e ele se torna essencialmente não funcional”, acrescentou. “Muitos desses casos podem recuperar o cheiro com o tempo, mas às vezes é uma perda permanente”, explicou ele.

A perda crônica parcial ou total do olfato é incrivelmente comum, disse Munger. E afetou milhões de norte-americanos muito antes de o novo coronavírus aparecer. “Cerca de 13% da população tem um comprometimento significativo do olfato ou paladar”, disse ele.

Além do resfriado e da gripe, outras causas de perda do olfato incluem pólipos nasais, tumores, doenças neurodegenerativas, como Alzheimer ou Parkinson, e lesões cerebrais por traumatismo craniano, incluindo a síndrome do chicote.

“Se alguém sofreu um acidente de carro ou sofreu um ferimento no pescoço ou na cabeça, isso também pode afetar os pequenos nervos que vão do cérebro ao nariz”, disse Voigt. “Portanto, uma lesão no pescoço também pode causar uma perda permanente do olfato”, explicou.

A perda do paladar é comumente associada à perda do olfato, porque contamos com o olfato para identificar os sabores. Mas também pode haver razões médicas: alguns medicamentos podem afetar o paladar. A quimioterapia e a radioterapia podem alterar o paladar. Outro exemplo são os danos físicos, como nervos cortados durante cirurgias dentárias.

CNN Brasil


STF dá 5 dias para Pazuello explicar estoque de insumos necessários para vacinação

 

Foto: divulgação/STF

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski intimou nesta quinta-feira (7) o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para prestar informações sobre o estoque de insumos necessários à vacinação contra à covid-19, em um prazo de cinco dias.

A decisão do ministro foi tomada após o partido Rede Sustentabilidade alegar ao Supremo que o governo federal, “além de não ter iniciado a vacinação, está lançando obstáculos ao adequado emprego das vacinas que devem ser adquiridas”.

“Esses obstáculos se materializam na possível ausência de insumos como seringas e agulhas”, argumenta a ação do partido.

“Chega a ser contraditório que o governo federal tenha zerado o imposto de importação de seringas e agulhas e proíba a exportação de seringas e agulhas, mas deixe de adquirir a tempo e a contento os citados insumos para iniciar a vacinação da população brasileira”, sustenta o partido.

A legenda pede que o governo comprove o estoque de seringas e agulhas da União e dos respectivos estados para a condução especificamente da vacinação da covid-19, ao menos para os quatro grupos prioritários conforme detalhado no plano nacional de vacinação.

R7

COVID: Brasil registra 1.524 óbitos e 87 mil casos nas últimas 24h; Total de 200 mil mortes e 7,9 milhões de infectados

 

Foto: Eduardo Frazão/Exame

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta quinta-feira (7):

– O país registrou 1.524 óbitos nas últimas 24h, totalizando 200.498 mortes;

– Foram 87.843 novos casos de coronavírus registrados, no total 7.961.673 pessoas já foram infectadas.

– O número total de recuperados do coronavírus é 7.096.931, com o registro de mais 60.401 pacientes curados. Outros 664.244 pacientes estão em acompanhamento.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

Grandes cidades começam a sofrer com lotação de leitos acima dos 90%

 


Na primeira semana de 2021, algumas cidades do país sofrem com lotação dos leitos destinados ao tratamento da Covid-19. Como é o caso de Manaus (AM) e Guarulhos (SP), cuja taxa de ocupação já passou dos 90% nas respectivas redes municipais. Em boa parte das demais cidades, há um aumento de casos que já começa a alterar significativamente os números.

Nesta segunda-feira (4), a ocupação nos hospitais públicos de Guarulhos, na Grande São Paulo, chegou a 93,4%. A ocupação dos leitos municipais dos municípios do estado de São Paulo como um todo, tanto de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) quanto de enfermaria, está em 62%, em média.

Situação parecida com a vivenciada em Manaus (AM), que teve aumento acelerado de hospitalizações nas duas últimas semanas. Os hospitais particulares da capital do estado estão sem leitos exclusivos para Covid-19, o que causou um aumento na demanda para a rede pública.

Na segunda (4), a taxa de ocupação dos leitos de terapia intensiva chegou a 92% na capital do Amazonas. O alto número de internações fez com que algumas macas ficassem nos corredores dos hospitais e diversas unidades de saúde sofreram com a impossibilidade de adotar o distanciamento entre pacientes. Também os profissionais de saúde ficaram sem local adequado para descanso e sem refeitório.

Contudo, não somente Amazonas e São Paulo sofrem com o problema, o estado da Bahia possui 58% do total de leitos ocupados. Ao todo, o estado registrou 4.302 casos ativos até o começo desta semana e o total de 9.246 óbitos desde o começo da pandemia. Já o estado do Maranhão possui, na capital, São Luís, 49,44% dos leitos de UTI e 43,70% dos leitos clínicos ocupados. O cenário é mais positivo no interior do estado, que possui 25,56% de leitos clínicos e 13,59% de leitos para UTI sob ocupação.

Já no Distrito Federal, a atual ocupação atingiu 57,5%. Nesse contexto, a Secretaria de Saúde explicou o motivo de ter desmobilizado o Hospital de Campanha Mané Garrincha. A decisão se deu devido ao prazo contratual que era improrrogável, mas ressaltaram que a capital do país possui estrutura para lidar com a situação do novo coronavírus. “Contamos ainda com o Hospital de Campanha da PM (Polícia Militar), que possui 80 leitos de UTI. Está em fase de finalização o Hospital de Campanha de Ceilândia, que deve entrar em funcionamento até o fim deste mês, com mais 40 leitos de enfermaria e 20 com suporte de ventilação mecânica, para os casos mais graves”, declara.

Outros estados também foram contatados, mas não responderam sobre os leitos disponíveis nos hospitais até a publicação desta matéria. Ao todo, segundo dados do Ministério da Saúde, já são 196.561 óbitos e 7.753.752 casos confirmados de Covid-19. Um total de 681.961 pessoas estão em acompanhamento.

Médica sofre reações graves após receber vacina da Pfizer no México

 

O México apresentou o primeiro caso de reação grave pela aplicação da vacina do coronavírus. Uma médica de 32 anos no Estado de Coahuila (norte) sofreu sintomas de encefalomielite 30 minutos depois de receber a dose do fármaco da Pfizer e BioNTech.

Segundo a Secretaria de Saúde do país. A profissional sofreu um episódio de convulsões e erupções cutâneas, perda de força muscular e dificuldade respiratória. Foi levada a uma UTI, onde é tratada pela inflamação cerebral. Este é o primeiro caso de encefalite conhecido no México em decorrência da administração do antígeno.

Polícia Civil de Caraúbas procura dois foragidos da justiça acusados de roubo e estupro naquela região

 

A Polícia Civil de Caraúbas divulgou na tarde desta terça feira 05 de janeiro de 2020, imagem dos foragidos da justiça, David de Lima Nogueira e Breno Ericlis Soares, acusados de fazerem parte de um grupo criminoso, que na madrugada de 27 de dezembro do ano passado, invadiu uma residência, na zona rural de Caraúbas e promoveu um arrastão seguido de estupro contra duas mulheres, uma delas adolescente.

O delegado daquela cidade, DPC Verilton Carlos, pede ajuda a população para localizar e prender os dois criminosos. Toda e qualquer informação, sobre o paradeiro da dupla deve ser feita através do Disk-Denuncia da Polícia Civil através do telefone 181 ou da PM de Caraúbas através (84) 99680-5322, a identidade do denunciante é preservada.

De acordo com a polícia a ação criminosa foi praticada por quatro criminosos, dos quais dois já foram presos. Israel Ferreira Nunes, 18 anos e José Soares de Souza Neto, foram no dia seguinte ao crime e permanecem no sistema prisional a disposição da justiça. David de Lima e Breno Soares estão foragidos.
Fonte: Icém Caraúbas

sexta-feira, 1 de janeiro de 2021

Sábado 09.01.2021 LANÇAMENTO Bate Papo com a Fonoaudiologa Dra Natália Lucena

 


O bate papo será lançado em 09 de Janeiro 2021 através de live no instagram @tv_horizonte_serrana_lagoanova, com intuito de falar um pouco sobre a profissão de fonoaudiologia o qual temos a Dra Natália Lucena com proficional dessa area a live contará com a apresentação de Júlio Andrade Comunicador o qual irá fazer um pequeno diálogo com a Dra durante a live de Lançamento, lembrando o Quadro será em forma de live todas as quartas feiras as 19:00hs no perfil do Instagram da nossa @tv_horizonte_serrana_lagoanova

Perda do olfato ocorre em 86% dos casos leves de Covid-19, indica novo estudo; saiba de forma simples como testar

  Foto: Reprodução/ Pixabay Cerca de 86% das pessoas com casos leves do novo coronavírus perdem o olfato e o paladar, mas os recuperam em at...